sexta-feira, 16 de abril de 2010

Bento XVI: 83 Anos de Fé


"Um humilde servo da vinha do Senhor". Uma frase que tocou fundo o coração dos católicos durante a primeira apresentação de Bento XVI como Papa, em 19 abril de 2005, três dias depois de ter completado seus 78 anos.

A frase naquele momento talvez o fez recordar os tempos de menino, já que o pequeno Joseph Ratzinger cresceu vendo o trabalho dos vários agricultores da cidade onde cresceu, chamada de Titmonting, que fica localizada na região da Baviera, na Alemanha e possui ainda hoje, pouco mais de 6 mil habitantes.

Os olhos do Papa que em todas as catequeses e Missas celebradas na Praça de São Pedro contemplam a multidão que toma conta desse lugar, foram os mesmos que presenciaram a multidão atingida pela Guerra, na Alemanha dos anos 40. Através daqueles olhos, 83 anos de muitas histórias para contar.

Joseph Ratiznger, hoje Papa Bento XVI, nasceu em 16 de abril de 1927, em Mark Amm In, na Alemanha, justamente no Sábado Santo. Ele foi batizado um dia depois, ou seja, no Domingo de Páscoa. Para Ratzinger, um sinal da providencia que ele mesmo reconheceu, antes de se tornar Papa.

“Ser o primeiro batizado com a água que acabara de ser abencoada na noite pascal era um grande sinal profético” (Autobiografia de Joseph Ratzinger, 1997)

A profecia se cumpre a cada ano na vida de Bento XVI. O Papa que mesmo em meios as mais duras provas e perseguições sofridas pela Igreja nunca deixou de dirigir um olhar sereno a Multidão que a cada semana lota a Praça de São Pedro.

O Papa escolhe celebrar a vida indo em direção a Igreja que está espalhada pelos confins da terra, através das inúmeras viajens que faz a cada ano. O Papa que não deixa de dispensar o sorriso mesmo em meio ao cansaço e as grandes adversidades. O Papa que encontrou nos campos da Baviera o sentido da sua vocação: ser um humilde servo da vinha do Senhor.

Comunidade Canção Nova

Nenhum comentário: